O Pobre é um vadio?

No primeiro número de “A Plebe” o jornal já mostra por que veio. E uma das facetas é a de contrapor aos jornais que alienavam a população operária, propagando uma série de ideologias da classe dominante que buscavam legitimar seu poder. Uma delas foi o artigo do “Correio Paulistano” de que o pobre só é pobre porque não gosta de trabalhar. Daí vem este artigo de Benjamin Mota, e mostra o porque do “Correio Paulistano” estar totalmente enganado quanto a isso. Os pobres de São Paulo são os trabalhadores, que devido aos “açambarcadores” não conseguem prosperar.

A análise de Benjamin Mota é apoiada teoricamente nas idéias marxianas, do qual o autor o menciona no artigo. Principalmente voltada para a teoria da mais-valia e da ideologia.

Fonte:

“A Plebe”, n° 01, 9 de Junho de 1917

Anúncios
Esse post foi publicado em Anarquistas, Imagens Comentadas, Socialistas e marcado , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s